sexta-feira, 24 de outubro de 2014

"Eu acho que sempre vou ter esse meu jeito, meio a moda antiga. Posso tentar mudar as vezes, mas ele sempre prevalece em mim. Talvez muitas pessoas não me entendam, mais é assim que sou. Sempre vou preferir uma flor ao invés de um perfume importado e um bom livro ao invés de uma festa badalada. Sempre vou me lembrar dos conselhos dos meus avós em cada relacionamento que eu tiver e vou rezar todos os dias antes de dormir na cabeceira da minha cama, como minha mãe me ensinou. E talvez com o tempo eu perca alguns amigos por ser sincera, mas é assim que aprendi que deve ser. Porque eu entendi que eu posso viver no mundo moderno e até respeitar a opinião das pessoas, mas perder a minha essência já seria demais pra mim."

quarta-feira, 22 de outubro de 2014


"Sempre admirei aquelas pessoas que apesar de tudo que conseguem alcançar na vida, continuam sendo sempre as mesmas. Sempre gostei daquelas pessoas que quando te vê sorri e fala um "Oi" com entusiasmo e alegria, e que quando você a encontra parece que a última vez que vocês se viram foi ontem. Sei lá, me identifico com essas pessoas e são as que eu realmente acho lindas. Ainda não me acostumei é com aquelas que meia volta conseguem um emprego melhor ou um carro novo e já fingem nem te conhecer mais".


quinta-feira, 2 de outubro de 2014

"Para de pensar em coisas que poderiam acontecer. Chega! A vida continua. Para amores que não deram certo, existem novos. Para as coisas que você perdeu, existem outras chances de conquistá-las. Para tudo podemos dar um motivo para ser melhor. A gente só precisa acreditar que tudo vai dar certo, colocar muita FÉ no coração e mirar bem no objetivo pra chegar lá."

"Não sei, até hoje não sei se o príncipe era um deles. Eu não podia saber, ele não falava. E, depois, ele não veio mais. eu dava um cavalo branco para ele, uma espada, dava um castelo e bruxas para ele matar, dava todas essas coisas e mais as que ele pedisse, fazia com a areia, com o sal, com as folhas dos coqueiros, com as cascas dos cocos, até com a minha carne eu construía um cavalo branco para aquele príncipe. mas ele não queria, acho que ele não queria, e eu não tive tempo de dizer que quando a gente precisa que alguém fique a gente constrói qualquer coisa, até um castelo."
(Caio F. Abreu)

quarta-feira, 1 de outubro de 2014


"O amor é paciente,
o amor é prestativo,
não é invejoso.
O amor não se ostenta,
não se incha de orgulho.
O amor nada faz de inconveniente,
não se irrita, não guarda rancor,
não se alegra com injustiça,
mas se alegra com a verdade,
tudo desculpa, tudo crê, tudo espera
tudo suporta. O amor JAMAIS passará"

(Coríntios 13: 4-8)


"O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã" (Salmos 30:5)