quinta-feira, 28 de novembro de 2013

"O que a gente nunca pode imaginar é como as coisas podem mudar da noite para o dia. Sim, as vezes as coisas parecem não ter mais jeito e, de repente quando menos esperamos encontramos algo ou alguém que nos ensine a viver de um outro modo, a entender algumas coisas sem sentido que nos acontecem. E é tão bom acreditar que a vida  sempre nos da uma outra chance de sermos melhores para nós e para os outros. É bom acreditar em novas histórias e vivê-las!"
"Depois de muito observar o que é a saudade aprendi que Saudade é um timbre de voz, é um cheiro, é um jeito de ser, de andar. Saudade é um olhar, um abraço apertado, é um beijo... Saudade são pedaços de momentos que escapam pela mente em forma de lembranças... Saudade tem um lindo sorriso e mais que isso, saudade tem um nome! Sempre tem.."

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

"Um dia alguém vai fazer o que você não fez, vai se esforçar como você não se esforçou, vai esperar como você não esperou e vai conseguir aquilo que você não conseguiu e que era pra ser seu!"

sexta-feira, 20 de setembro de 2013


"Tive muitos "amigos" que precisaram de mim. Mas descobri quem eram os verdadeiros quando eu precisei deles."

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

"Acho que sou diferente das outras, não saio por aí dizendo que amo todo mundo. Amo poucos! Mas esses poucos que eu amo, pode apostar, eu amo MUITO!"

quinta-feira, 25 de julho de 2013

"Um dia me disseram que quem ama de verdade nunca desiste, acho incorreta essa frase, quem ama de verdade desiste sim, mas não deixa de amar. Quem ama de verdade não consegue encontrar a felicidade em outro alguém, mas aprende a viver sorrindo mesmo estando incompleto. Quem ama de verdade nunca esquece o toque, o olhar, e os momentos vividos com aquele que se ama. Quem ama de verdade não deixa de amar não importa o tempo que passe, apenas espera que o tempo resolva tudo, e acredita na filosofia de que o que tiver que ser será ." (Sandra Lopes)

segunda-feira, 8 de julho de 2013

Eu sei que vou te amar
Por toda a minha vida eu vou te amar
Em cada despedida eu vou te amar
Desesperadamente
Eu sei que vou te amar

E cada verso meu será pra te dizer
Que eu sei que vou te amar
Por toda a minha vida

Eu Sei que vou chorar
A cada ausência tua eu vou chorar,
Mas cada volta Tua há de apagar
O que essa ausência tua me causou

Eu sei que vou sofrer
A eterna desventura de viver a espera
De viver ao lado teu
Por Toda a minha vida...

(Vinicius de Moraes)

terça-feira, 18 de junho de 2013

"Nunca existiu uma pessoa como você antes, não existe ninguém neste mundo como você agora e nem nunca existirá. Veja só o respeito que a vida tem por você. Você é uma obra de arte — impossível de repetir, incomparável, absolutamente única." (Osho)

sexta-feira, 14 de junho de 2013



"Não tema a nada nem ninguém, não deixe que digam que seus sonhos nunca vão dar certo. Saiba que seus sonhos são os sonhos de Deus, acredite nele! Ele não permitirá que o medo roube nossos sonhos."

quinta-feira, 13 de junho de 2013

"Sempre que houver alternativas, tenha cuidado. Não opte pelo conveniente, pelo confortável, pelo respeitável, pelo socialmente aceitável, pelo honroso.
Opte pelo que faz o seu coração vibrar. Opte pelo que gostaria de fazer, apesar de todas as consequências." (Osho)
:)

sábado, 4 de maio de 2013



E eu gosto mesmo é da liberdade que me cerca. Das pessoas simples, que sabem tratar bem aquelas pessoas que não podem lhes trazer benefício algum. Gosto de gente que olha nos olhos quando a outra fala. Gosto de correr descalça na chuva, de me enfeitar com flores. De ouvir musica caipira e me sentir a vontade. Não vou pelos outros, não sigo modelos não finjo ser alguém que a minha alma jamais aceitaria que eu fosse. Meu mundo eu faço e eu me gosto assim. Pra que ser igual aos outros? Os outros já existem!

terça-feira, 30 de abril de 2013

"E como em um passe de mágica a vida se transforma. As vezes fica difícil acreditar, mas superamos obstáculos pelo qual jamais imaginamos enfrentar e, de repente tudo começa a fazer sentido novamente. E é quando as coisas voltam mais bonitas, mais alegres e a gente fica feliz de novo."

"E o que um dia me fez falta, hoje já nem me importa mais..."

quarta-feira, 20 de março de 2013



"Pessoas simples são aquelas que se encantam com as coisas menores. Sabem sorrir diante de presentes simbólicos e sem muito valor material. A simplicidade lhe capacita para perceber que nem tudo precisa ter utilidade. E por isso é fácil presentear o simples. Dar presentes aos complicados é um desafio. Não sabemos o que eles gostam, porque só na simplicidade é possível conhecer alguém."
(Pd. Fábio de Melo)

domingo, 17 de março de 2013


Nunca vi ninguém
Viver tão feliz
Como eu no sertão
Perto de uma mata
E de um ribeirão
Deus e eu no sertão
Casa simplesinha
Rede pra dormir
De noite um show no céu
Deito pra assistir
Das horas não sei
Mas vejo o clarão
Lá vou eu cuidar do chão
Trabalho cantando
A terra é a inspiração
Deus e eu no sertão
Não há solidão
Tem festa lá na vila
Depois da missa vou
Ver o meu menino
De volta pra casa
Queima a lenha no fogão
E junto ao som da mata
Vou eu e um violão...

(Deus e eu no Sertão )

quinta-feira, 7 de março de 2013

“Os dias se interromperam quando ele ia embora. Recomeçavam apenas no mesmo segundo em que tornava a chegar. Não sei quanto tempo durou. Só comecei a contar os dias a partir daquele dia em que ele não veio mais. Desde esse dia, perdi meu nome. Perdi o jeito de ser que tivera antes, não encontrei outro.”

(Caio F. Abreu)

domingo, 3 de março de 2013


"Eu carrego comigo uma caixa mágica onde eu guardo meus tesouros mais bonitos. Tudo aquilo que eu aprendi com a vida, tudo o que eu ganhei com o tempo e que vento nenhum leva. Guardo as memórias que me trazem riso, as pessoas que tocaram minha alma e que, de alguma forma, me mudaram pra melhor. Guardo também a infância toda tingida de giz. Tinha jeito de arco-íris a minha."
(Caio F. Abreu)


"Então, não perca seu tempo comigo. Eu não preciso do seu dinheiro. Muito menos do seu carro. Mas, talvez, eu precise dos seus braços fortes. Das suas mãos quentes. Do seu colo pra eu me deitar. Do seu conselho quando meu lado menina não souber o que fazer do meu futuro. Eu não vou te pedir nada. Não vou te cobrar aquilo que você não pode me dar. Mas uma coisa, eu exijo. Quando estiver comigo, seja todo você. Corpo e alma. Às vezes, mais alma. Às vezes, mais corpo. Mas, por favor, não me apareça pela metade. Não me venha com falsas promessas. Eu não me iludo com presentes caros. Não, eu não estou à venda. Eu não quero saber onde você mora. Desde que você saiba o caminho da minha casa. Eu não quero saber quanto você ganha. Quero saber se ganha o dia quando está comigo."

(Caio F. Abreu)

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013


"De repente ouvi teu nome. E quase que imediatamente te procurei a minha volta. Não te encontrei, mas me dei conta de que eu estava sorrindo." (Caio F. Abreu)

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013



"A primavera chegou, onde estará você agora?
Culpa do verão passado que de mim levou-te embora.
Não dá para esquecer as folhas no outono caindo sobre nossas cabeças,
Eu querendo te ver loucamente com medo que me esqueça.
Agora, quando o inverno chegar não terei mais o teu calor,
Já se foram cinco primaveras desde que perdi o seu amor...
Como levar de mim tantas sensações,
Como afastar de mim um amor lembrado pelas quatro estações..."
(Vivianne)


Parece fácil reclamar da vida. Mas se você parar para pensar em tudo que tem, começa a perceber que você foi premiado por riquezas. Sim, a vida lhe traz coisas boas em meio a tantas poças de lágrimas e tristezas. Experimentar sorrir é uma tarefa que exige esforço as vezes e, também coragem porque uma vez que experimentamos olhar as coisas boas da vida, as que realmente valem a pena, não conseguimos mais nos desapegar! ah, sorrir vicia, ser feliz mais ainda.  Inunde seu coração de alegria, floresça sua alma de esperança! Problemas todo mundo tem, te garanto! Experimente olhar além da superfície, experimente olhar além dos problemas, porque só assim se pode conhecer o verdadeiro sentido da vida. (Vivianne)

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

"Fazem meses que não te vejo, ‘que não falo com você’. Não sei se você está bem, se está estudando, se está gostando de outro alguém ou se às vezes ainda sonha comigo. Nada mais sei sobre você, além do que sobrou. Recentemente vi umas fotos suas, o corte de cabelo ainda era o mesmo, o físico, o estilo de roupas. Mas tinha algo diferente, eu sei que tinha, porém, como eu poderia explicar? Era algo no seu olhar castanho escuro, como se faltasse algo por dentro de você. Era o formato dos traços do seu sorriso, como se tivesse perdido um pedaço de você… Então lembrei, talvez o que faltava, era o pedaço de você que eu levei comigo, e não consegui te devolver."
(Caio F. Abreu)

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

"O simples me atrai, me conquista. O complicado me espanta, me aborrece."
Ele pode estar olhando as suas fotos . Neste exato momento . Porque não ? Passou-se muito tempo . Detalhes se perderam . E daí ? Pode ser que ele faça todas as coisas que você faz . Escondida . Sem deixar rastro nem pistas . Talvez ele faça aquela cara de dengoso e sinta saudade do quanto você gostava disso. Ou percorra trajetos que eram seus, na tentativa de não deixar que você se disperse das lembranças . As boas . Por escolha ou fatalidade, pouco importa, ele pode pensar em você . Todos os dias . E ainda assim preferir o silêncio . Ele pode reler seus bilhetes, procurar o seu cheiro em outros cheiros . Ele pode ouvir as suas músicas, procurar a sua voz em outras vozes . Quem nos faz falta acerta o coração como um vento súbito que entra pela janela aberta . Não há escape . Talvez ele perceba que você faz falta . E diferença . De alguma forma, numa noite fria . Você não sabe . Ele pode ser o cara com quem passará aquele tão sonhado inverno em Paris . Talvez ele volte . Você confia nele?
(Caio F. Abreu)

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Olhe, não fique assim vai passar. Eu sei que dói. É horrível. Eu sei que parece que você não vai agüentar, mas agüenta. Sei que parece que vai explodir, mas não explode. Sei que dá vontade de abrir um zíper nas costas e sair do corpo porque dentro da gente, nesse momento, não é um bom lugar para se estar. Dor é assim mesmo, arde, depois passa. Que bom. Aliás, a vida é assim: arde, depois passa. Que pena. A gente acha que não vai agüentar, mas agüenta: as dores da vida.  (Caio F. Abreu)

"Eu sou uma eterna apaixonada por palavras. Música. E pessoas inteiras. Não me importa seu sobrenome, onde você nasceu, quanto carrega no bolso. Pessoas vazias são chatas e me dão sono. Gosto de quem mete a cara, arrisca o verso, desafia a vida. Eu sou criança. E vou crescer assim. Gosto de abraçar apertado, sentir alegria inteira, inventar mundos, inventar amores. O simples me faz rir, o complicado me aborrece". (Caio F. Abreu)